Carregando...

Notícias

PIOR MOMENTO DA PANDEMIA NA AMÉRICA LATINA




América Latina está prestes a experimentar pior momento da pandemia do coronavírus, alerta OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou na quarta-feira (22) que a América Latina está prestes a experimentar o pior momento da pandemia de coronavírus e que os países da região devem expandir suas capacidades de detecção de vírus.

"O epicentro da epidemia está se mudando da Europa para as Américas, o que nos deu tempo para nos preparar para o que está por vir", disse Cristian Morales, representante no México da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), em uma entrevista coletiva virtual.

"O que não é tão positivo e que não podemos esquecer é que estamos prestes a experimentar o pior momento da epidemia na região e no México", acrescentou.

Morales recomendou que os países expandam suas capacidades de detecção de vírus nos níveis nacional e local, além de manter o distanciamento social.

Até esta quarta, a América Latina tem114.729 casos confirmados da Covid-19 e 5.731 mortes

Sob críticas de especialistas da saúde, governadores dos EUA anunciam reabertura parcial

Governadores de mais de dez estados dos EUA começaram a anunciar na terça-feira (21) planos de reabrir parcialmente o comércio, apesar das advertências de algumas autoridades de saúde de que isso poderia desencadear uma nova onda de casos de coronavírus.

A flexibilização das restrições na Geórgia, Carolina do Sul e em outros estados da região sul dos Estados Unidos ocorre em meio a protestos contra o confinamento doméstico e o fechamento do comércio.

Uma pesquisa de opinião da Reuters/Ipsos mostrou que a maioria dos americanos acredita que as ordens de quarentena devem permanecer em vigor até que as autoridades de saúde pública determinem que o retorno ao normal é seguro, embora isso possa causar danos à economia.

Os governadores estão sob pressão das empresas e de alguns eleitores para relaxar as medidas de combate ao coronavírus, que já deixaram mais de 20 milhões de pessoas desempregadas em todo o país no mês de março.

Em Wisconsin, parlamentares republicanos entraram com uma ação judicial contra o governador, o democrata Tony Evers, contestando sua ordem de confinamento doméstico com duração prevista até o dia 26 de maio.

Enquanto os estados avançam com os planos de reabertura, o diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças alertou que uma segunda onda do coronavírus poderia ser pior se coincidir com o início da temporada de gripe sazonal.

A Geórgia está entre meia dúzia de estados que permitirão mais atividades comerciais nesta semana ou na próxima.

O governador republicano Brian Kemp permitirá que academias, salões de beleza, boliches, estúdios de tatuagem e de massagem reabram na sexta-feira (24), seguidos por cinemas e restaurantes na próxima semana.

Kemp disse que seu plano equilibra a saúde pública com a necessidade de reativar a economia do estado, argumentando que as regras de distanciamento social permanecerão em vigor.

A Geórgia registrou 174 casos positivos e seis mortes por 100 mil pessoas, ambos abaixo da média nacional, de acordo com uma análise da Reuters dos dados coletados pelo Covid Tracking Project.

No entanto, o estado também tem uma das taxas mais baixas de testes. Nesse cenário, as autoridades locais dispõem de menos dados sobre o alcance da doença para embasar as decisões de reabertura. (Reuters)


Histórico

DESMONTE DOS DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS

Enviado em: 23 de maio de 2016

Notícias

A GUERRA CONTRA OS POBRES NOS EUA

Enviado em: 14 de novembro de 2015

Notícias

SAIBA MAIS SOBRE OS RISCOS DA TERCEIRIZAÇÃO

Enviado em: 05 de julho de 2015

Notícias

AUDIÊNCIA PÚBLICA NA COMISSÃO DO SENADO

Enviado em: 30 de junho de 2015

Notícias

TERCEIRIZAÇÃO FOI REJEITADA EM MINAS GERAIS

Enviado em: 01 de junho de 2015

Notícias

HÁ POUCOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS

Enviado em: 06 de setembro de 2013

Notícias

Fones:(61) 3226.0732
Cel: (61) 99277.3944 - (31) 98204 3695
SCS - Quadra 02 - Bloco C - No. 41 - Conjunto 304 CEP 700315-000 - Brasília-DF
Avenida Álvares Cabral, 344, Sala 1508, 15° andar - CEP: 31170-911 - Belo Horizonte/MG
agenciasocial@agenciasocial.org.br
© 2016 Agência Social Todos os direitos reservados
CNPJ: 18.773.244/0001-72