Carregando...

ASSUNTOS GERAIS

AUMENTA A CONFIANÇA NAS ENTIDADES SINDICAIS




Em relação a 2018, a confiança nos sindicatos cresceu, segundo a pesquisa do IBOPE Inteligência 

É um refrão comum a muitos políticos conservadores, a intelectuais que vivem nas suas ilhas acadêmicas ou até mesmo palestristas e “consultores” que adoram fazer autoflagelo em suas “análises”, afirmar que o movimento sindical está falido ou que os sindicatos não têm representação.

Há, nesse discurso, a derivação natural de que os trabalhadores e trabalhadoras não participam das entidades sindicais ou até as rejeitam. Frente as essas ilações, muitos dirigentes sindicais contribuem para reforçar a visão negativa da organização sindical das classes trabalhadores, recolhendo casos isolados e os considerando como se fossem a realidade geral do conjunto da organização sindical brasileira.

Será mesmo que há essa descrença tão grande com relação aos sindicatos, por parte dos trabalhadores?

Pesquisa recente mostra o contrário, houve crescimento no índice de confiança nas entidades sindicais.  

O apoio aos sindicatos e instituições cresceu em 2019, conforme pesquisa do Índice de Confiança Social (ICS), IBOPE Inteligência, o apoio à demais instituições também teve crescimento no mesmo período. Um dos destaques nesse levantamento foram as entidades sindicais, cujo índice de aprovação entre os entrevistados alcançou 45%, superando o ano de 2018, quando o índice de confiança ficou em 35%.

A sondagem ocorre desde 2009, sendo denominada lilde Índice de Confiança Social (ICS). Na metodologia aplicada pelo IBOPE Inteligência, a amostra é realizada, via de regra, destacando várias instituições e grupos sociais, dos quais, em 2019, 20 delas tiveram a avaliação positiva em relação ao ano passado. E a boa constatação, para o mundo do trabalho, é que os sindicatos também acompanharam o aumento na confiança neles depositada.

No topo dos índices de confiança estão corpo de bombeiros, meios de comunicação e igrejas, embora nenhuma instituição tenha alcançado o índice de 100%, sendo a maior a dos bombeiros, com 88%. No degrau inferior, e tendo a pior avaliação dos brasileiros, estão os Partidos Políticos, a menor dentre as demais categorias da pesquisa.

Ainda que os sindicatos estejam bem abaixo na relação das instituições pesquisadas, superando apenas os partidos políticos, o governo federal e as administrações municipais, é alentador considerar que o índice de confiança cresceu de um ano para outro, demonstrando que depende do próprio movimento sindical aumentar essa confiança, desenvolvendo ações concretas e objetivas neste sentido, segundo observa o diretor-geral do Observatório Sindical Clodesmidt Riani-OSCR, Sebastião Soares. 

Segundo ele, é o momento das centrais sindicais, principalmente, pensarem em campanhas conjuntas, de caráter permanente, para mostrar às classes trabalhadoras, em primeiro lugar, e à sociedade em geral, a importância e a necessidades das entidades sindicais, especialmente nesses tempos de tantos ataques. "Nesse momento a unidade de ação das entidades sindicais é crucial para enfrentar os imensos desafios que têm pela frente, conquistando visibilidade e mais confiança”, concluiu.

O levantamento do IBOPE foi realizado entre os dias 11 e 15 de julho, com 2.002 pessoas a partir de 16 anos, em 144 municípios do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

 Agência Social News

 

 
 

Histórico

Fones:(61) 3226.0732
Cel: (61) 99277.3844 - (82) 99904.2191
SCS - Quadra 02 - Bloco C - No. 41 - Conjunto 304 CEP 700315-000 - Brasília-DF
agenciasocial@agenciasocial.org.br
© 2016 Agência Social Todos os direitos reservados